O que é Android

Mascote do Android Com certeza você já deve ter ouvido alguém falar "tenho um Android" ou "o meu celular é Android" ou algo parecido. Afinal de contas, o que isso quer dizer? De forma simples, quer dizer que o dispositivo (smartphone, tablet etc) possui o sistema operacional Android. Se você não sabe o que é um sistema operacional, não se preocupe, continue lendo o artigo. É através do sistema Android que um aparelho obtém a sua capacidade para executar os programas. O Android é o sistema operacional mais difundido no globo e é fácil descobrir o porquê.

Android é o nome de um sistema operacional (software que faz um computador funcionar) criado principalmente para dispositivos móveis, como smartphones e tablets, mas também inclui TVs e outros acessórios vestíveis. Para entender melhor o que é o Android, pense em um smartphone como um pequeno computador. Um smartphone tem uma placa-mãe, memória RAM, processador, entre outros... Sem um sistema operacional esse computador apenas ligaria, mas não serviria para nada. Não faria nada, não exibiria nada na tela, e os botões (com exceção do botão de ligar) não funcionariam. Seria apenas uma máquina que liga e desliga, sem função.

O sistema operacional é o programa responsável por fazer com que todas as partes do smartphone funcionem e permite que todos os outros programas possam ser executados. Assim, com o sistema operacional instalado na memória, o botão de volume do aparelho passa a funcionar, a tela exibe os ícones dos aplicativos, a câmera passa a funcionar, torna-se possível instalar mais programas etc.

Existem vários sistemas operacionais voltados para dispositivos móveis, sendo Android o mais popular. O sistema foi desenvolvido pela empresa Android Inc, posteriormente adquirida pela Google Inc. Dentre os cofundadores da Android Inc, destaca-se Andy Rubin, o "pai" do Android que, inclusive, trabalhou na Apple como engenheiro.

Foi lançado em 2008 e conta com o apoio da Open Handset Alliance (um conjunto de empresas que atuam juntas para o melhoramento dos padrões da telefonia e também do desenvolvimento do sistema Android).

Tal sistema é muito acessível e popular. Está disponível para uma enorme variedade de dispositivos. O Android tem como base o sistema operacional Linux, conhecido por ser um sistema flexível, adaptável a várias arquiteturas de processador, seguro e eficiente. Um dos grandes diferenciais do Android e que contribui para sua popularidade, é o fato de que o sistema é compatível com vários hardwares e pode estar disponível em smartphones de diversos fabricantes. Android é a plataforma ideal para usuários que não querem ficar restritos (ou dependentes) de uma única fabricante de hardware.

O "mascote" do sistema Android é um robozinho verde e simpático que se chama Bugdroid. Ele possui traços simples e costuma ser apresentado em várias versões modificadas.
Android: O que é Android
Variações do Bugdroid
O primeiro aparelho com o sistema Android foi o HTC Dream lançado em 22 de outubro de 2008. Um dispositivo revolucionário na época, elogiado pela crítica devido ao seu design, hardware parrudo e integração com os serviços Google.
Android: O que é Android
HTC Dream - primeiro smartphone Android

As versões do Android

Os nomes das versões do Android são nomes de doces e/ou sobremesas e, por enquanto, parecem atender a ordem alfabética. A seguir há uma lista com algumas das versões do sistema Android e uma rápida descrição de cada uma.

Eclair 2.1 - Lançada em 26 de outubro de 2009. Deu início às versões que realmente fizeram a diferença nos celulares, estabelecendo o sistema operacional como um dos mais populares. Essa versão foi uma das responsáveis por colocar o Android como ótima opção no mercado, trazendo úteis aplicativos do Google, como o Gmail.

Android Eclair
Froyo 2.2 - Lançada em 20 de maio de 2010. Além de trazer uma melhoria considerável no desempenho geral dos celulares com Android, o Froyo também incluiu algumas mudanças como atualização automática de aplicativos e suporte ao Adobe Flash, algo bastante requisitado por pessoas que usam esse sistema operacional. Com certeza, isso ajudou bastante na sua popularização.

Android Froyo
Gingerbread 2.3 - Lançada em 06 de dezembro de 2010. Com esta versão tivemos o suporte a tecnologias como o NFC (Near Field Communication, quem se lembra?), que é um sistema de transmissão de dados sem fio, sensores de movimento para jogos, chamadas por VOIP, além de uma interface mais minimalista e funcional. Nessa versão, o celular com Android ganhou bastante estabilidade, além de ter boa compatibilidade com os aplicativos. Mas, ainda precisava melhorar!

Android Gingerbread
Ice Cream Sandwich 4.0 - Lançamento em 19 de outubro de 2011. Bom, observe aqui o pulo do 2.3 ao 4.0. Diferente da série Honeycomb (dedicada a tablets), esta versão do sistema operacional trata por igual tanto tablets quanto celulares. Dentre suas principais novidades destaca-se o sistema de transmissão de dados utilizando a tecnologia NFC, desta vez de maneira efetiva. Também foi implementado um sistema de reconhecimento facial na hora de destravar o dispositivo.

Android Ice Cream Sandwich
Jelly Bean 4.1 - Versão lançada em 09 de julho de 2012. Mais ágil e consome menos bateria, se você for comparar com as versões que surgiram antes, o Android 4.1 tem como um dos objetivos otimizar o uso das principais ferramentas do smartphone. O aplicativo Google Now é um dos diferenciais dessa versão, fornecendo informações de restaurantes, transportes ou entretenimento, baseado na sua geolocalização do momento. Você também pode redimensionar o tamanho dos ícones dos apps e organizar melhor sua tela. Sem sombra de dúvida, uma grande evolução do sistema.

Jelly Bean Plus 4.2 - Lançada em 26 de outubro de 2012. Ainda mais rápido do que as versões mais antigas. Para quem gosta de ter um celular eficiente para tirar fotos, o Android 4.2 oferece o recurso Photo Sphere, capaz de tirar fotos panorâmicas em 360º. Mais um destaque que você pode ter em celulares com Android Jelly Bean Plus fica por conta da digitação por gestos: esse recurso ainda sugere as palavras, facilitando quem curte mandar diversas mensagens no dia a dia. Há inúmeros celulares (mais antigos) rodando esta versão em nossos dias (2016).

Jelly Bean 4.3 - Lançada em 24 de julho de 2013. Apresenta mudanças mais sutis, quando comparado com a transição entre o Android 4.1 e o 4.2 Jelly Bean. Uma das vantagens, no entanto, são os perfis fechados: além do aparelho poder ter várias contas, cada conta tem suas configurações e aplicativos próprios. E você pode limitar o acesso de uma conta a alguns recursos. Sendo assim, pode ser bem útil para pais que compartilham o celular com seus filhos para eles jogarem. Nessa versão do Android, o pai pode bloquear compras no Google Play, por exemplo. O sistema Android 4.3 também permite uma nova digitação, que reconhece mais rápido as palavras que você digita. Esta última versão do jelly bean estava bem 'enxuta' e muito eficiente.

Android Jelly Bean
Kit Kat 4.4 - Lançamento em 15 de janeiro e junho de 2014. Com esta versão do sistema operacional é possível aproveitar mais a tela do celular, já que os botões virtuais podem desaparecer da tela caso você não esteja usando. Com isso os desenvolvedores também saem ganhando, já que podem criar aplicativos que usem toda a tela. Mais um diferencial do Android 4.4 Kit Kat é a integração do aplicativo Hangouts com mensagens de texto SMS. Assim você pode visualizar as mensagens pelo app. O smartphone com esta versão também vem com a tecnologia Google Cloud Print, que possibilita se conectar a impressoras compatíveis (via Wi-Fi) e imprimir alguns documentos, como fotos tiradas do seu celular. Também presente em muitos dispositivos hoje em dia.

Android KitKat
Lollipop 5.0 - Lançada em 3 de novembro de 2014. Inovação! Esta versão tem como destaque a integração do smartphone com outros dispositivos compatíveis, como um relógio inteligente. Por ser a versão mais atual na maioria dos gadgets, o Google quis entregar um sistema com melhor desempenho. Aqui podemos perceber um sistema mais fluido ao rodar apps e uma maior economia no consumo da bateria. Um dos diferenciais do Android 5.0 está nas notificações: as mensagens podem ser visualizadas sem a necessidade de desbloquear o smartphone. Na versão Lollipop, os recursos multimídia também foram melhorados. O Android 5.0 conta com suporte de áudio por meio da porta USB. Já para quem usa a câmera para tirar várias fotos, esta versão é compatível com o formato RAW.

Android Lollipop
Marshmallow 6.0 - Com lançamento em 5 de outubro de 2015. O Android Marshmallow, também conhecido como Android 6 ou Android M, é a versão mais recente do sistema do Google para celulares. O lançamento do sucessor do Android Lollipop (5.0) aconteceu em setembro de 2015. Pouco depois a versão Marshmallow recebeu atualizações e pulou para 6.0.1. Muitos canais na internet mostram como se sai bem em relação a economia da bateria, apps, display entre outros pontos. Desde então diversos celulares já ganharam suporte a esta nova versão 6.0.

Android Marshmallow
Nougat 7.0 - O Android não para! Ainda em 2016 surge a nova versão com encriptação nativa, mais emojis, melhoramento no launcher, suporte para deficientes auditivos, uso da biblioteca OpenJDK, entre outros... Recentemente a versão foi atualizada para 7.1, trazendo melhorias para o Pixel Launcher, novos recursos para câmera, controle do nível de notificações e muito mais.
Android: O que é Android
Android Nougat
O Android continua crescendo e amadurecendo.

Um pouco da retrospectiva do Android

Seguem algumas informações sobre o Android ao longo dos anos:

O Android surgiu em 2003 na cidade de Palo Alto na Califórnia;
Em 2005, a Google comprou a empresa fundadora do Android - a Android Inc;
Em 2007, grandes fabricantes de smartphones e até o próprio Google fundaram a OHA (Open Handset Alliance) e abriram oficialmente o código do Android;
No ano seguinte, 2008, foi lançado o primeiro Android comercial rodando no G1 fabricado pela HTC - o primeiro celular a rodar o Android;
Em 2009 cresceu bastante a quantidade de dispositivos que utilizavam o Android como SO e novas versões do Android foram lançadas;
Em 2010 o Android estava atrás apenas do Blackberry na lista de smartphones mais vendidos;
Em 2011 o Android conseguiu ser utilizado por 56% dos usuários de dispositivos móveis;
Em 2012 o Android Market foi renomeado para Google Play e, nesse ano, já somava em torno de 675.000 aplicativos em sua loja. Em 2013 o Android superou o iPhone em quantidade de apps baixados;
Em 2014 a Google liberou uma nova versão do Android, o Lollipop, e no mesmo ano revelou o Android Wear para smartwatches e o Android Auto;
Em 2015 o Android tem o dobro de downloads de aplicativos que iOS, sendo que no ano de 2013 superou o iOS por pouco mais de 100 milhões e em 2015 conseguiu atingir a marca de 200 milhões;
Em 2016 já apresentou seu novo sistema operacional , chamado de Android N, com recursos gamer. Traz consigo uma nova plataforma de Realidade Virtual (RV) ou Virtual Reality (RV).

Hoje o Android é o sistema operacional que move mais de um bilhão de smartphones e tablets e todos os anos a Google traz sempre uma novidade para o mundo Android.

Referências





Patrocínio

Site hospedado pelo provedor HostGator.

Artigos

Notícias

Tópicos

Top 10 do mês