Políticas dos fabricantes em relação ao root

1. Políticas dos fabricantes em relação ao root

Hugo Cerqueira
hrcerq

Enviado em 12/02/2017 - 15:41h

Olá, pessoal.

Esse é o meu primeiro post no Viva o Android. Gostaria de saber a opinião de vocês sobre a habilitação de root nos dispositivos. Acreditam que os aparelhos deveriam já vir com root habilitado? Acham certo que o usuário não tenha a opção de root por default? Concordam que haja perda de garantia, caso seja habilitado?

Eu pessoalmente não vejo grandes problemas em que o aparelho seja disponibilizado sem root para os usuários, pois nem todos sabem o que é root e/ou desconhecem as implicações que seu uso pode ter. Porém também acho que:

1. Os fabricantes não devem jamais impor barreiras ao uso de root. Alguns fabricantes insistem em impedir que o usuário libere o root. Ora é um direito do usuário, afinal ele comprou o aparelho e deve poder usá-lo como quiser.

2. Os fabricantes não apenas não devem impedir que ele seja habilitado, como devem também fornecer instruções sobre como isso pode ser feito.

3. Não creio que seja correto um usuário perder a garantia simplesmente por habilitar o root.

E aí, vocês concordam? Discordam? Opinem.




2. Re: Políticas dos fabricantes em relação ao root

Xerxes Lins
xerxeslins

Enviado em 13/02/2017 - 11:09h

hrcerq escreveu:

Olá, pessoal.

Esse é o meu primeiro post no Viva o Android. Gostaria de saber a opinião de vocês sobre a habilitação de root nos dispositivos. Acreditam que os aparelhos deveriam já vir com root habilitado? Acham certo que o usuário não tenha a opção de root por default? Concordam que haja perda de garantia, caso seja habilitado?

Eu pessoalmente não vejo grandes problemas em que o aparelho seja disponibilizado sem root para os usuários, pois nem todos sabem o que é root e/ou desconhecem as implicações que seu uso pode ter. Porém também acho que:

1. Os fabricantes não devem jamais impor barreiras ao uso de root. Alguns fabricantes insistem em impedir que o usuário libere o root. Ora é um direito do usuário, afinal ele comprou o aparelho e deve poder usá-lo como quiser.

2. Os fabricantes não apenas não devem impedir que ele seja habilitado, como devem também fornecer instruções sobre como isso pode ser feito.

3. Não creio que seja correto um usuário perder a garantia simplesmente por habilitar o root.

E aí, vocês concordam? Discordam? Opinem.


Olá! Eu concordo em partes com você.

Acho bom que venha sem root e também que perca a garantia se for rooteado. Para mim isso faz sentido, pois o root é como uma violação da integridade do sistema, por parte do usuário. Aparelho rooteado, na mão do usuário, pode se tornar inutilizado. Pedir para a garantia cobrir o mal uso por parte do usuário não tem sentido.

Mas também sou a favor de que os fabricantes disponibilizem formas fáceis para permitir o root caso o usuário deseje, mesmo que perca a garantia.




3. Re: Políticas dos fabricantes em relação ao root

Hugo Cerqueira
hrcerq

Enviado em 13/02/2017 - 22:36h

Não lhe parece que cortar a garantia após liberação do root é uma medida um pouco exagerada?

Pense numa situação análoga em que você compra um laptop com sistema operacional já configurado (seja ele qual for, Linux, Windows, Mac, BSD, Solaris, etc.), mas ao qual não poderá ter acesso de administrador. Pensemos no Linux, por exemplo. Se você não tiver acesso ao usuário root, pense no quão limitado vai ficar. Se por acaso você obtiver esse acesso então não tem mais garantia. Não acha que é um pouco demais?


4. Re: Políticas dos fabricantes em relação ao root

Xerxes Lins
xerxeslins

Enviado em 14/02/2017 - 12:36h

hrcerq escreveu:

Não lhe parece que cortar a garantia após liberação do root é uma medida um pouco exagerada?

Pense numa situação análoga em que você compra um laptop com sistema operacional já configurado (seja ele qual for, Linux, Windows, Mac, BSD, Solaris, etc.), mas ao qual não poderá ter acesso de administrador. Pensemos no Linux, por exemplo. Se você não tiver acesso ao usuário root, pense no quão limitado vai ficar. Se por acaso você obtiver esse acesso então não tem mais garantia. Não acha que é um pouco demais?


Eu acho que entendo seu ponto de vista, mas mesmo assim não acho a comparação válida. Os sistemas Linux, Windows, Mac, BSD, Solaris etc possuem, cada um, suas formas de licença diferenciadas. Linux, por exemplo, não tem garantia nenhuma. Já o Windows é licenciado, não vendido. Você só pode fazer com o Windows o que a Microsoft permite.

De toda forma, o acesso administrador no Windows e root no Linux servem para tarefas administrativas. No Smartphone o perfil é outro. O root não é para isso e sim para alterar o sistema em si, pois o usuário padrão já consegue realizar todas as tarefas administrativas como instalar apps e mexer nas configurações.

O root em aparelhos Android é mais um "hackeamento" do sistema. Assim encaro.


5. Re: Políticas dos fabricantes em relação ao root

Hugo Cerqueira
hrcerq

Enviado em 15/02/2017 - 00:54h

É, eu acho que você tem razão. Cada tipo de aparelho merece um tipo de abordagem. Celulares não são o mesmo que computadores (ou pelo menos não deveriam ser, eu acho). Mas a linha entre esses aparelhos está ficando cada vez mais tênue. A cada novo aparelho celular lançado vemos algo cada vez mais próximo de um computador.

Então hoje pode fazer sentido que não nos preocupemos com o usuário root nos aparelhos com Android. Mas com o passar do tempo acho que essa preocupação vai aumentar. A propósito, mantenho minha opinião sobre os pontos 1 e 2, afinal a escolha deve ser do usuário, ainda que perca a garantia.






Patrocínio

Site hospedado pelo provedor HostGator.

Artigos

Notícias

Tópicos

Top 10 do mês